Ir para o conteúdo
Informações da página

Você está em: Página Inicial > Notícias

Pesquise aqui
Início do conteúdo

Instituto aprova sete projetos em chamada do CNPq

Pesquisadores dos campi Bento Gonçalves, Farroupilha, Ibirubá, Osório, Porto Alegre, Restinga e Sertão tiveram seus projetos aprovados na chamada universal do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O IFRS foi o segundo Instituto com maior número de projetos aprovados. A lista completa conta com 4.587 projetos, sendo 1.384 bolsas de Iniciação Científica e 761 bolsas de apoio técnico, totalizando um investimento de R$ 188 milhões.

Segundo o Pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Eduardo Girotto, esse resultado é muito significativo para o IFRS e representa um grande avanço em relação a chamadas anteriores do Edital Universal CNPq. "Além disso, ter aprovado um projeto nessa chamada é um reconhecimento da qualidade dos projetos de pesquisa de longa duração que são desenvolvidos no IFRS", defende.

Sobre a chamada

O objetivo da Chamada Universal é democratizar o fomento à pesquisa cientifica e tecnológica no País, contemplando todas as áreas do conhecimento. Para o diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde do CNPq, Marcelo Morales, essa é uma das ações mais importantes e democráticas do Conselho e do MCTI, pois além de atender as diferentes regiões do país tem permeabilidade entre os pesquisadores mais jovens. Morales ressalta ainda que a periodicidade do edital é importante para garantir o desenvolvimento da base científica, tecnológica e intelectual, o que acaba refletindo diretamente no desenvolvimento social e econômico do Brasil.

Com informações do site do CNPq

Acesse o resultado

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Rua General Osório, 348 | Bairro Centro | CEP: 95700-086 | Bento Gonçalves/RS

E-mail: gabinete@ifrs.edu.br | Dúvidas de Acessibilidade: acoes.inclusivas@ifrs.edu.br | Ouvidoria | Telefone: (54) 3449-3300