Ir para o conteúdo
Informações da página

Você está em: Página Inicial > Notícias

Pesquise aqui
Início do conteúdo

Multiplicação de conhecimentos na Mostra Robótica e na Cultural

Mostra de Robótica

Qual a relação entre robótica e sala de aula? Um aprendizado nada monótono, é claro! É o que a gurizada de 16 a 18 anos dos campi Farroupilha e Canoas estão vivenciando e mostram na 3ª Mostra Robótica, iniciativa que ocorreu na manhã dessa terça-feira, dia 17, integrada ao 4º Sict, 3º Semex, 2º Semept e a 2ª Mostra Cultural do IFRS.

Cerca de 15 alunos do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio dos dois campi levaram protótipos temáticos que auxiliam e aproximam o estudante das disciplinas, como as específicas de informática, física, química, matemática, entre outras.

A turma do Campus Farroupilha apresentou um kit didático, que permite aos novos alunos do curso técnico aprenderem de forma fácil, interativa e visível como funciona um CPU de computador. O projeto de pesquisa orientado pelo professor Felipe Martin Sampaio tem o objetivo de construir mais kits para serem usados em sala de aula.

Já as demais equipes fazem parte do RoboLab, um projeto experimentações em robótica educacional do Campus Canoas. De acordo com os alunos, uma pesquisa foi realizada no Ensino Médio, pela qual foi concluído que a maioria dos alunos têm dificuldade no aprendizado em matemática e física, principalmente. A partir daí, a robótica entra em ação.

- O nosso projeto (Monitoramento de Lançamento de Foguetes de Garrafa PET) mede a altura, largura e profundidade de um lançamento de foguete feito de garrafa plástica. O resultado, que é lido pelo acelerômetro dentro da garrafa, nos dá um gráfico da aceleração. Ou seja, a gente têm física, matemática, robótica e programação dentro de desse projeto - explicam empolgados os alunos Matheus Alff e Felipe Ricardi).

O pensamento sustentável em relação à geração e distribuição de energia também é pauta no RoboLab e na Mostra. Os alunos Queizy Domingues e Richard Ramos estudaram e montaram protótipos eólicos e solar que, durante o processo de produção, problemas surgiam e soluções deveriam ser pensadas.

- Projetos assim desobstrui a relação entre aluno e professor. Aprendemos na prática. É mais dinâmico, menos monótono - completa Queizy.

Todos projetos utilizaram a plataforma Arduino, uma espécie de mini CPU. Além dos projetos citados, também participaram da mostra robôs autônomos móveis e um sistema de check-in para avaliadores do evento.

Pluralidade de expressões artísticas

A 2ª Mostra Cultural levou ao evento integrado do IFRS diversas manifestações de arte expressas por alunos e servidores dos campi. Oficina de joias em cerâmica, mostras fotográficas e de moda, intervenções, teatro e música mostraram a pluralidade do evento.

- Mostra a diversidade que existe e pode existir nos IFs. A Mostra Cultural possibilita que a gente conheça o que ocorre em outros campi. Eu não fazia ideia que existia uma oficina de cerâmica em um campus, por exemplo - comenta Natalina de Toni, aluna do Campus Bento Gonçalves.

Para o discente Marcelo Magalhães, do Campus Osório, que observava as exposições fotográficas, abrir espaço à manifestações culturais ao 4º Sict, 3º Semex e 2º Semept é positivo e necessário:

- Acho muito interessante trazer cultura junto ao evento de Pesquisa, Ensino e Extensão. Mostra um ambiente multicultural do IF.

Acompanhe nossas atualizações no facebook, instagram e youtube

Veja a programação

 

Galeria

Mostra de Robótica Mostra de Robótica Mostra Cultural Mostra Cultural

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Rua General Osório, 348 | Bairro Centro | CEP: 95700-086 | Bento Gonçalves/RS

E-mail: gabinete@ifrs.edu.br | Dúvidas de Acessibilidade: acoes.inclusivas@ifrs.edu.br | Ouvidoria | Telefone: (54) 3449-3300