Ir para o conteúdo
Informações da página

Você está em: Página Inicial > Notícias

Pesquise aqui
Início do conteúdo

Encontro do Proeja debate o papel dos sujeitos na educação de jovens e adultos

Reitora Cláudia e mesa de abertura do evento

Em depoimentos emocionantes, alunos que retomaram os estudos depois de muito tempo afastados da sala de aula relataram que os desafios são tão grandes quanto as perspectivas de vida que se abrem. Essas histórias nortearam as discussões do II Encontro do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) do IFRS, nos dias 6 e 7 de agosto de 2015 em Bento Gonçalves, no Dall'Onder Grande Hotel. O evento teve como tema central "Reflexões sobre os sujeitos e suas aprendizagens".

Na abertura, a reitora Cláudia Schiedeck Soares de Souza destacou que o Proeja propicia mais do que qualificação profissional, pois permite o aumento da escolaridade e a inserção dos cidadãos no mundo do trabalho. "Isso é promoção da igualdade social. É muito gratificante quando vemos alunos que começaram no Proeja e seguem estudando na graduação." Cláudia ressaltou a importância de construir conjuntamente as direções para o Proeja no IFRS e disse que os eventos são oportunidades para isso.

O pró-reitor de Ensino do IFRS, Amilton de Moura Figueiredo, lembrou que 45,8 milhões de pessoas no Brasil têm mais de 18 anos de idade, não frequentam a escola e não possuem ensino fundamental. "Milhares de jovens tiveram oportunidades ceifadas pelo modo de produção capitalista e o Proeja é uma das formas de devolvê-las", destacou.

Vivências

O encontro reuniu estudantes, professores e técnicos administrativos ligados ao programa no IFRS. Após a abertura, houve uma apresentação musical do Grupo Venga a cantar, do Câmpus Restinga, projeto de extensão coordenado pela professora Denise Mallmann Vallerius, e em seguida, uma mesa de relatos de vivências, onde foram contadas histórias como a da vendedora ambulante de cachorro-quente Maria Elisabete dos Santos Bastos. Ao ver os quatro filhos estudarem, ela também tinha vontade de voltar para escola. Foi então que, aos 50 anos, entrou para o curso técnico em Comércio na modalidade Proeja do Câmpus Bento Gonçalves. Hoje, depois de três anos, vê seu negócio e sua vida de forma diferente. "Eu achei que sabia vender, mas aprendi muito com o professor de marketing, de design..." conta. "Eu estou terminando o curso e tomara que consiga encaixar outro curso na instituição."

O evento teve ainda oficinas e palestras com Adriane Stroisch, da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC); e Gaudêncio Frigotto, filósofo e pedagogo, professor das universidades do Estado do Rio de Janeiro e Federal Fluminense. Foi promovido pela Pró-Reitoria de Ensino (Proen) em parceria com coordenadores de cursos do Proeja e diretores de Ensino dos câmpus.

Galeria

Grupo Venga a Cantar, do Câmpus Restinga Mesa dos relatos de experiências

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Rua General Osório, 348 | Bairro Centro | CEP: 95700-086 | Bento Gonçalves/RS

E-mail: gabinete@ifrs.edu.br | Dúvidas de Acessibilidade: acoes.inclusivas@ifrs.edu.br | Ouvidoria | Telefone: (54) 3449-3300