Ir para o conteúdo
Informações da página

Você está em: Página Inicial > Notícias

Pesquise aqui
Início do conteúdo

Seminário Regional de Ciência e Tecnologia da Região da Serra é realizado em Bento Gonçalves

Abertura do evento, na terça (25)

Promovido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) em conjunto com outras instituições, o Seminário Regional de Ciência e Tecnologia da Região da Serra foi aberto oficialmente na noite desta terça-feira, 25 de novembro de 2014, na Casa das Artes, em Bento Gonçalves.

Em sua explanação, Cláudia destacou que o desenvolvimento da ciência, inovação e tecnologia precisa ocorrer de forma conjunta e faz parte da raiz do IFRS. Após a fala das autoridades, o engenheiro agrônomo bento-gonçalvense e palestrante da noite, Décio Luiz Gazzoni, recebeu uma placa do município em homenagem pela contribuição à ciência e à tecnologia e ao desenvolvimento da agricultura brasileira.

Durante sua palestra, Décio se ateve a sua área de estudos: alimentos. "São muitas as necessidades básicas que podem ser solucionadas e supridas com soluções tecnológicas", declarou. Gazzoni falou sobre os grandes desafios da gestão de recursos finitos como a água e mudanças climáticas e sobre uma possível terceira revolução industrial que, no ponto de vista do palestrante, deve transformar o mundo. "Risco e ameaça são sinônimos de oportunidades, porque vamos atrás de soluções, não há mais zona de conforto." Para finalizar, o palestrante falou sobre possíveis evoluções nos próximos 10 anos e encerrou com a frase: "Nesta terra, 'com tecnologia adequada', em se plantando tudo dá".

Compuseram a mesa de honra a reitora do Instituto, Cláudia Schiedeck Soares de Souza; o prefeito do município, Guilherme Rech Pasin; o vice-reitor da UCS, Odacir Graciolli; o presidente do Corede Serra, João Adamoli; e o presidente da Amesne, Aícaro Ferrari.

Segunda etapa

Esta quarta-feira, 26 de novembro, segundo dia do evento, começou com o painel apresentado pelo pró-reitor de pesquisa, pós-graduação e inovação do IFRS, Júlio Xandro Heck. Sob o tema "Perspectivas para a ciência e tecnologia: Política Nacional de Ciência e Tecnologia", Julio apresentou o ranking da produção científica e inovação no país e as motivações governamentais para investimentos em pesquisa. "Há falta de protagonismo das empresas. No Brasil, o governo investe mais do que o setor privado e os números ainda são baixos", lamentou. Julio mostrou os setores do futuro para a inovação tecnológica, o Plano Brasil Maior, o Plano Inova Empresa, a Embrapii e as ações do governo com a interiorização do ensino através dos Institutos e da expansão de Universidades federais. Hoje estes educandários ocupam 10% das cidades do país.

Na sequência, foi a vez do painel ?Consumidores do conhecimento: demandas, gargalos e desafios?, mediado pelo prefeito Guilherme Pasin e composto por: Thompson Didoné, secretário municipal de desenvolvimento da agricultura; Reomar Slaviero, presidente do APL metalmecânico e automotivo; e Renato Hanzen, presidente da APL moveleiro.

Ações da tarde

O painel da tarde "Produção de Conhecimento: Ações institucionais em ciência e tecnologia para o desenvolvimento regional", mediado por Julio Xandro Heck, contou com a participação da reitora do IFRS, Cláudia Schiedeck Soares de Souza; o reitor da UCS, Evaldo Kuiava; e o chefe-geral da Embrapa Uva e Vinho, Mauro Celso Zanus. Cláudia apontou o IFRS em números: docentes, técnicos administrativos e alunos; cursos oferecidos pelos câmpus localizados na Serra Gaúcha, dentre outros. A reitora tratou sobre as políticas institucionais adotadas pelo IFRS, além da expectativa de tornar o Instituto um polo de inovação em tecnologia assistiva. Ela finalizou sua apresentação falando sobre leis e a importância das empresas saberem os benefícios que elas trazem. Depois foi a vez dos demais convidados fazerem suas explanações.

O seminário contemplou ainda a organização de dois grupos de trabalho que, divididos entre setores primário e industrial, discutiram: "A ciência e tecnologia na Região na visão do setor: demandas, gargalos e desafios". Após a finalização dos grupos foi realizada uma plenária de encerramento do evento com a apresentação dos relatos e definições de ações para fortalecer a área de ciência, tecnologia da Região da Serra e a competitividade das empresas.

Galeria

A reitora Cláudia faz sua explanação na abertura Palestra de abertura com Décio Luiz Gazzoni Júlio mostra como está a pesquisa no Brasil Cláudia aponta o IFRS em números

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Rua General Osório, 348 | Bairro Centro | CEP: 95700-086 | Bento Gonçalves/RS

E-mail: gabinete@ifrs.edu.br | Dúvidas de Acessibilidade: acoes.inclusivas@ifrs.edu.br | Ouvidoria | Telefone: (54) 3449-3300