Ir para o conteúdo
Informações da página

Você está em: Página Inicial > Notícias

Pesquise aqui
Início do conteúdo

IFRS testa ferramenta que traduz vídeos para Libras

Uma ferramenta que traduz áudio e legenda de vídeos digitais para a Língua de Sinais Brasileira (Libras) foi desenvolvida pelo Grupo de Trabalho Acessibilidade como um Serviço (GT AaaS - Acessibility as a Service) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) foi selecionado para conduzir parte dessas avaliações, juntamente com outras cinco instituições federais, todas de outros estados.

Para os testes, o IFRS reunirá aproximadamente 20 surdos, entre alunos, professores e também pessoas da comunidade a partir das 14h deste sábado, 27 de setembro de 2014, no Câmpus Caxias do Sul, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Eles utilizarão a ferramenta e identificarão possíveis ajustes. Os testes serão filmados e enviados para a RNP.

O Serviço de Geração Automática de Vídeos de Libras em conteúdos multimídia (VLibras) foi desenvolvido para facilitar a acessibilidade dos surdos, que têm a Libras como sua língua natural e muitas vezes apresentam dificuldade de leitura. O projeto foi desenvolvido pela Universidade Federal da Paraíba e financiado pela RNP, que congrega mais de 800 câmpus de instituições de ensino e pesquisa no país, com o objetivo de desenvolver aplicações e serviços inovadores.

"O IFRS tem estudantes e professores surdos, ofereceu provas gravadas em Libras no último processo seletivo e disponibiliza cursos de Libras, além de possuir um forte trabalho na área de acessibilidade", explica a diretora de Extensão, Josiane Krebs, justificando a escolha da instituição entre as 800 que integram a RNP. Ela lembra que a ferramenta será importante também para dar mais acessibilidade a conteúdos de aula. Lael Nervis, responsável técnico em tecnologia de informação do Projeto de Acessibilidade Virtual (PAV) do IFRS, é o outro representante da instituição no VLibras.

As outras instituições participantes dos testes são Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Esta fase, que conta também com a participação da Universidade Federal do Paraná, na coordenação dos testes, deve ir até dezembro, com a intenção de disponibilizar a ferramenta para a comunidade usuária da RNP em 2015. Paralelamente, está sendo elaborada também a WikiLibras, para criar, de forma colaborativa, um banco de sinais de Libras que poderá ser utilizado pelo VLibras e até mesmo por outras ferramentas que tenham interesse na tradução automática de Português para Libras.

Sobre os GTs - Há 12 anos, a RNP lançou o programa Grupos de Trabalho. A iniciativa vem atraindo a atenção de grupos de pesquisa nacionais desafiados a produzir novos protótipos de aplicações e pilotos de serviços. Sob a coordenação da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD), os GTs selecionados durante o processo passam a receber, além do financiamento, acompanhamento constante da RNP. Mais informações no site da Rede.

Sobre a RNP - Qualificada como uma Organização Social (OS), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) é ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), responsável pelo Programa Interministerial RNP, que conta com a participação dos ministérios da Educação (MEC), da Saúde (MS) e da Cultura (MinC). Pioneira no acesso à Internet no Brasil, a RNP planeja e mantém a rede Ipê, a rede óptica nacional acadêmica de alto desempenho. Com Pontos de Presença em 27 unidades da federação, a rede tem mais de 800 instituições conectadas. São aproximadamente 3,5 milhões de usuários usufruindo de uma infraestrutura de redes avançadas para comunicação, computação e experimentação, que contribui para a integração entre o sistema de Ciência e Tecnologia, Educação Superior, Saúde e Cultura.

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Rua General Osório, 348 | Bairro Centro | CEP: 95700-086 | Bento Gonçalves/RS

E-mail: gabinete@ifrs.edu.br | Dúvidas de Acessibilidade: acoes.inclusivas@ifrs.edu.br | Ouvidoria | Telefone: (54) 3449-3300